Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

dear cinema

Críticas simples e curtas.

Sicario (2015) aka stress, sangue e tiros bons para roer o estômago

por rita ralha, em 26.10.15

Sicario (1).jpg

 

Depois de uma série de filmes que não deixaram grande marca na minha memória (ver últimas 3 ou 4 críticas), chegou finalmente este presente de Natal antecipado. Perfeito para me causar algum desconforto e boquiabertismo, enquanto sentada na cadeira.

 

Gosto sempre de ver filmes em que os autores não sentem a necessidade de nos mostrar uma narrativa estendida durante dias ou semanas de ação. Basta-lhes a perícia de mostrar com intensidade altamente invasiva um pequeno momento das vidas de algumas pessoas (assim semelhantes lembro-me de Fury e Whiplash).

 

O Benicio del Toro mantém a sua eterna cara acabei de vomitar, mas compensa com uma grande atuação silenciosa, excelente para lembrar que atuar tem muitas vezes mais de expressões e gestos do que de palavras.

 

Bom filme. Ide ver.

 

8/10