Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

dear cinema

Críticas simples e curtas.

Everest (2015) aka muita neve, pouca visão

por rita ralha, em 26.10.15

Everestx.jpg

 

Pouca coisa bate ver o Jake Gyllenhaal a apanhar banhos de sol em tronco nu numa encosta branquinha do Evereste (vá, estou a exagerar, já o vi muito mais hot em vários outros filmes - Jarhead, por favor ). Mas no que diz respeito à história deste filme, a verdade é que o peito semi-peludo do Jake é efetivamente melhor do que grande parte do que se passou no ecrã.

 

De forma geral, as personagens são um pouco amorfas e misturam-se em torno de um traço comum: quererem muito escalar o Evereste. Um ou outro são mais prudentes, outros mais desmedidamente ambiciosos, mas a verdade é que o argumento não chega a aprofundar aquilo que tornaria o filme substancialmente mais humano: as razões pelas quais cada um deles decidiu fazer uma trouxa e arriscar o pescoço para (tentar) escalar uma montanha e que aquilo que deixou para trás.

 

6/10