Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

dear cinema

Críticas simples e curtas.

The Social Network (2010)

por rita ralha, em 11.11.10

Um mundo onde programar é tão intuitivo como respirar, as mulheres são acessórios e estar in é o desejo mais íntimo da juventude Harvadiana é aquele que nos apresenta The Social Network.

Um filme que não é tanto sobre o Facebook, como o é sobre Mark Zuckerberg.

Ironicamente (ou não?), um rapaz com fraquíssimas social skills cria a rede social de maior sucesso do mundo, pisa todos para lá chegar, sempre de consciência surpreendentemente tranquila, e mesmo assim - voilá a mestria de Fincher/Sorkin - não o conseguimos odiar. Nem só um bocadinho. We kinda like him, actually.

Continuamente intenso e vivamente recomendado.

9/10