Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

dear cinema

Críticas simples e curtas.

The Hobbit: The Battle of the Five Armies (2014)

por rita ralha, em 08.01.15

Hobbit.jpg

 

[Contexto] Numa escala de 1 a 10 (em que 1 é alguém totalmente a leste de um "myyyyy precious" e 10 é alguém que escreve as listas de compras em élfico), eu estou claramente no 6. Li e vi os Lord of the Rings e como boa cidadã do mundo respeitadora do trabalho do Peter Jackson fui ver os "Hobbit"s.

 

O primeiro (já lá vão dois anos, não vou conseguir ser muito específica) agradou-me; não conhecia a história e gostei de revisitar aquele mundo (ia dizer Terra Média, mas achei que ia soar demasiado nerd para rapariga). O segundo agradou-me ligeiramente mais, claramente graças à alegria histérica de poder ver o Sherlock e o Watson de novo no mesmo ecrã (mas com roupinhas substancialmente diferentes). Já este terceiro... NOT SO MUCH, sobretudo devido à sensação "hmm, já está tudo resolvido? falta só uma batalha?" a 1/3 do filme (a minha cara estava com a mesma expressão de wtf que a do Bilbo na foto ali de cima). 

 

É triste quando a pressão da máquina capitalista (não sou pro-Marx, relax) de Hollywood força este esticar da corda e transforma aquilo que poderia ter sido um conjunto de dois filmes ok (ou de um só filme brutal) numa trilogia extreeeeemaaaaaameeeeeente paaaaaraaaaaadaaaaaa, proporcionando um terceiro filme altamente dependente do anterior e matando a lição clássica do "ah, uma história deve ter três actos".

 

Rezo por um natal de 2016 em que as criancinhas possam comprar o pack de dvds, que nos extras trará a possibilidade de ver a história numa leva só, sem momentos ver a relva a crescer.

 

5/10

 

2 comentários

Comentar post